Paulo Branco

Paulo Branco, produtor de cinema desde 1979, com actividade centrada em França e Portugal, produziu até ao momento cerca de 300 filmes.

Paulo Branco


Entre diversos prémios obtidos durante a sua carreira destacam-se: o Prémio de Melhor Produtor da Europa, pelo Parlamento Europeu (1999); o Prémio Especial Raimondo Rezzonico, atribuído ao Melhor Produtor Independente no Festival de Locarno (2002); o Golden Horse, do Festival de Cinema de Taipé (2005); a medalha de Officier de L’Ordre des Arts et Des Lettres da República Francesa (2004); assim como, a Ordem Gabriela Mistral do governo do Chile. Este ano, o Conselho Mundial da Cultura atribui-lhe o prémio Leonardo da Vinci, que receberá no Japão a 4 de Outubro.

Integrou ainda o júri da Selecção Oficial nos festivais de cinema de Berlim (1999) e Veneza (2006) e foi presidente do Júri no festival de Locarno (2011), entre outros.

Este ano, no Festival de Cinema de Veneza, celebrando 40 anos de carreira, apresenta em estreia mundial e em competição o seu 41º filme na Selecção Oficial deste certame — A Herdade de Tiago Guedes. Em quatro das suas anteriores presenças, os seus filmes ou realizadores receberam o Leão de Ouro.

FILMOGRAFIA NO FESTIVAL DE VENEZA

PRODUTOR
  • "A Herdade” de Tiago Guedes, 2019
    Festival de Veneza 2019 - Selecção Oficial - Em Competição
    Este é o 20º filme que Paulo Branco apresenta em competição em Veneza, festival onde estreou 26 filmes de realizadores portugueses, 13 dos quais em competição

  • "Francisca” de Manoel de Oliveira, 1981
    Festival de Veneza 2019 - Venice Classics

  • "À Jamais” de Benoît Jacquot, 2016
    Festival de Veneza 2016 – Selecção Oficial - Fora de Competição

  • "Les beaux jours d’Aranjuez” de Wim Wenders, 2016
    Festival de Veneza 2016 - Selecção Oficial - Em Competição

  • "Linhas de Wellington” de Valeria Sarmiento, 2012
    Festival de Veneza 2012 – Selecção Oficial – Em Competição

  • "Nuit de chien” de Werner Schroeter, 2008
    Festival de Veneza 2008 - Selecção Oficial – Em Competição
    Leão de Ouro Especial do Júri

  • "Mal Nascida” de João Canijo, 2007
    FFestival de Veneza 2007 - Secção Orizzonti

  • "Quelques jours en septembre” de Santiago Amigorena, 2006
    Festival de Veneza 2019 - Selecção Oficial - Em Competição

  • "O Fatalista” de João Botelho, 2005
    Festival de Veneza 2005 -  Selecção Oficial – Em Competição

  • "O Quinto Império” de Manoel de Oliveira, 2004
    Festival Veneza 2004 - Selecção Oficial – Fora de Competição
    Leão de Ouro Especial Carreira

  • "Um Filme Falado” de Manoel de Oliveira, 2003
    Festival de Veneza 2003 - Selecção Oficial – Em Competição

  • "Rosa La China” de Valeria Sarmiento, 2002
    Festival de Veneza 2002 - Secção «Controcorrente»

  • "Porto da Minha Infância” de Manoel de Oliveira, 2001
    Festival Veneza 2001 - Selecção Oficial – Fora de Competição

  • "Água e Sal” de Teresa Villaverde, 2001
    Festival de Veneza 2001 – Secção Cinema del Presente

  • "Frágil como o Mundo” de Rita Azevedo Gomes, 2001
    Festival de Veneza 2001  – Secção Novos Territórios

  • "Rasganço” de Raquel Freire, 2001
    Festival de Veneza 2001  - Semana da Crítica

  • "Branca de Neve” de João César Monteiro, 2000
    Festival de Veneza 2000 - Secção Novos Territórios

  • "Freedom” de Sharunas Bartas, 2000
    Festival de Veneza 2000 - Selecção Oficial - Em Competição

  • "Noites” de Cláudia Tomaz, 2000
    Festival de Veneza 2000  – Semana da Crítica
    Prémio Melhor Filme

  • "Palavra e Utopia” de Manoel de Oliveira, 2000
    Festival de Veneza 2000 - Selecção Oficial - Em Competição
    Prémio da Crítica Italiana

  • "L’Ennui” de Cédric Khan, 1998
    Festival de Veneza 1998 - Secção Prospettive

  • "Tráfico” de João Botelho, 1998
    Festival de Veneza 1998 - Selecção Oficial - Em Competição

  • "Longe da Vista” de João Mário Grilo, 1998
    Festival de Veneza 1998  - Secção Prospettive

  • "Ossos” de Pedro Costa, 1997
    Festival de Veneza 1997 -   Selecção Oficial - Em Competição
    Prémio Osella d’Oro

  • "Alors voilà” de Michel Piccoli, 1997
    Festival de Veneza 1997  - Selecção Oficial – Fora de Competição
    Prémio da Crítica “Bastone Bianco”

  • "Party” de Manoel de Oliveira, 1995
    Festival de Veneza 1996 -  Selecção Oficial - Em Competição

  • "A Água - O Último Mergulho” de João César Monteiro, 1992
    Festival de Veneza 1992 - Selecção Oficial - Em Competição
    Prémio da Crítica Italiana

  • "Die Abwesenheit” de Peter Handke, 1992
    Festival de Veneza 1992 - Selecção Oficial - Em Competição

  • "A Divina Comédia” de Manoel de Oliveira, 1991
    Festival de Veneza 1991 - Selecção Oficial  - Em Competição
    Grande Prémio Especial do Júri

  • "La femme de rose hill” de Alain Tanner, 1989
    Festival de Veneza 1989 - Selecção Oficial  – Em Competição

  • "O Recado das Ilhas” de Ruy Duarte, 1989
    Festival de Veneza 1989  - Selecção Oficial – Secção Finestra

  • "Mon cas” de Manoel de Oliveira, 1986
    Festival de Veneza 1986 - Selecção Oficial – Fora de Competição
    Filme de abertura

  • "Le soulier de satin” de Manoel de Oliveira, 1985
    Festival de Veneza 1985 -  Selecção Oficial – Em Competição
    Leão de Ouro Especial do Júri

  • "La ville des pirates” de Raúl Ruiz, 1983
    Festival de Veneza 1985 - Selecção Oficial - Fora de Competição

  • "A Estrangeira” de João Mário Grilo, 1982
    Festival de Veneza 1982 - Selecção Oficial  – Em Competição

  • "Silvestre” de João César Monteiro, 1981
    Festival de Veneza 1981 - Selecção Oficial  – Em Competição

  • "Francisca” de Manoel de Oliveira, 1981
    Festival de Veneza 1981 - Secção Mezzogiorno, Mezzanotte

  • "Oxalá” de António Pedro de Vasconcelos, 1980
    Festival de Veneza 1980  – Officina Veneziana

PRODUTOR ASSOCIADO
  • "Los Porfiados” de Mariano Torres Manzur, 2002
    Festival de Veneza 2001  – Secção Novos Territórios

  • "Ninguém Duas Vezes” de Jorge Silva Melo, 1984
    Festival de Veneza 1984 - Selecção Oficial – Em Competição

  • "Ana” de António Reis e Margarida Cordeiro, 1982
    Festival de Veneza 1983 -  Selecção Oficial

  • "The State Of Things” de Wim Wenders, 1982
    Festival de Veneza  1982 - Selecção Oficial – Em Competição
    Leão de Ouro

Actualizado a 23 Julho 2019
EN PT